26/12/2014

0

No que os corticoides podem afetar sua beleza?

Bem, em primeiro lugar eu gostaria de deixar claro de que eu não sou da área de saúde e tudo que escreverei aqui é baseado na minha opinião/experiência pessoal. Ou seja, os efeitos que acontecem comigo podem não ocorrer em outras pessoas, bem como efeitos que ocorrem com outras pessoas podem não acontecer comigo. 

Os corticoides são usados para o tratamento de várias doenças (endócrinas, dermatológicas, oftalmológicas, hematológicas, alergias osteomusculares, tumores...), no meu caso, especificamente, sempre que tenho um surto de E.M. (Esclerose Múltipla) faço cinco dias de corticoide intravenoso e depois passo mais um mês tomando os comprimidos (primeiro 60 mg, depois 40mg, 20mg e 10 mg).


Fonte da Imagem: www.vanguardia.com


Antes de me descobrir doente eu achava que os corticoides eram remédio do capeta (sempre que precisei tomá-los, por algum outro motivo, acabava engordando), mas depois de algum tempo acabei aprendendo a lidar com eles e acho que hoje até que consigo lidar bem com o fato de ter que tomá-los.

Pelo menos em mim/comigo, os corticoides dão aquela inchada básica no rosto (em se tratando dos comprimidos), o intravenoso me deixa toda inchada, mas depois que saio do hospital logo volto ao normal (exceto pelo rosto). O que eu faço para não "explodir"? Corto totalmente o sal e bebo 2,5 litros d´água todos os dias. Sim, os corticoides ajudam na retenção de líquidos, ou seja, é preciso cortar tudo que faça com que o nosso corpo fique "apegado". De repente é bom comer algumas frutas diuréticas (como o abacaxi), amo abacaxi e, mesmo com gastrite, ele sempre está na minha dieta. Acho que ajuda a "secar".


Fonte da Imagem: http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/cinco-motivos-para-beber-agua.htm


O corticoide intravenoso me deixa com o rosto todo vermelho, mas não passa disso, depois de tomar a medicação (são três ~maravilhosas~ horas deitada na cama, sem poder me mexer e sentindo aquele gostosinho ótimo de moeda na boca!) isso logo passa. Muita sorte, um dos efeitos colaterais da belezura do remédio é acne, sorte que ela desapegou de mim e eu não tive uma única espinha em todo o meu tratamento! Acho que o Roacutan (Isotretinoína) deve ter me ajudado nesse aspecto (ô remédio bom, saudades da pele sequinha!).

Outra coisa que acontece comigo (por conta dos comprimidos de corticoide) é a queda de cabelo. E eu não estou falando de um fio ou outro, estou falando de passar a mão pela cabeça e simplesmente ter nas mãos tufos de cabelo (e eu não estou exagerando!). Não, não me estresso muito com isso (cabelo cresce, né?), mas fico meio chateada por ter que limpar a casa de meia em meia hora, já que  ela está ficando constantemente suja (cheia de cabelo por aí). Não acho que haja muito a ser feito, mas, no momento, estou usando o xampu e o condicionador Reconstruit da L´Bel, eles são meio caros (custam, normalmente, R$30 cada), mas acho que estão me ajudando a não ficar careca. A dica é tentar usar algum cosmético que prometa (e cumpra, preferencialmente) frear a queda capilar (não precisa ser da L´Bel, claro).

Mais um "defeitozinho" colateral (como costumo brincar): gente, esses comprimidos de corticoide me dão uma suadeira horrorosa! Parece que eu corri a São Silvestre, mas só lavei alguns pratos sujos! Sério, muito ruim! Principalmente quando tenho que sair de casa, a maquiagem não dura nadinha! Minha dica? Usar maquiagem bem leve e, preferencialmente, aquele tipo de produto que fica mais sequinho no rosto, nada de produto cremoso, você não quer acabar com o bigodinho suado! Terrível! Dia desses tentei usar o BB Cream (o para pele oleosa) da Maybelline, mas ele derreteu! Estou pensando em tentar outro, mas ainda estou sem sair de casa... 

Uma vez outro portador de E.M. me disse que os corticoides aceleravam nosso metabolismo (por isso a fome louca que dá), não sei se isso é verdade, mas prefiro imaginar que sim, assim sendo, acho que vou acabar emagrecendo se fizer algum tipo de atividade durante o tratamento (não aguento fazer exercícios, sinto uma fraqueza muito grande, mas procuro continuar com minhas atividades domésticas e isso faz perder algumas calorias, né?).

Os corticoides são "um mal necessário", basta saber como lidar com eles... 

Dica principal: não ceda aos apelos do seu buchinho e não coma como uma louca! Beba água, muita! Ajuda a "enganar" a barriga e ainda faz bem à saúde.

Comentários:

Postar um comentário

Pessoas queridas, comentários são respondidos nos próprios comentários, ok? Então, por favor, volte por aqui! Obrigada!